PODER.PODER

PODER.PODER

com Sofia Roque e Mariana Lemos 

Laboratório de investigação artística no âmbito da FIA- Formação Artística Acompanhada, c.e.m – centro em movimento

datas: 11 a 15 de Janeiro de 2016
horário: 13h – 17h
local: c.e.m – centro em movimento/ Lisboa

informações: cem@c-e-m.org

 

hemi rossio 2
imagem Hemi Fortes 

 

O Poder é sempre, como diríamos, um potencial de poder (…). O Poder emerge entre as pessoas quando estas agem em conjunto e desaparece no momento em que dispersam.

Hannah Arendt, A Condição Humana

Queremos pensar e dançar a experiência de um possível ampliado, num gesto-tempo que é espontaneidade. Porque agir é início e começar algo (de) novo, a criação não colhe apenas do que já é dado. O possível é o que ainda não é, mas também já é, contido no gesto do corpo, como desejo ou prenúncio, como promessa e potência. Poder poder é o sentido maior de liberdade. E este movimento, quando colectivo, com-promete o futuro. Este aberto é também expressão de um comum desvelado num agir e falar em conjunto e da relação entre um corpo-mundo e um corpo-singular. É preciso disponibilidade, estar, observar, é preciso chegar pronto para que no corpo se desenhe uma genuína formulação da pergunta: Quem és? Será? Tendo como primeiro ponto de luz o pensamento político de Hannah Arendt, caminharemos com destino, embora envoltas na vertigem boa do seguir à deriva de outras constelações críticas, pelos estudos do corpo e do movimento. A pesquisa proposta ressoará o questionamento do que pode ser um gesto inteiro, ou o que pode ser a política como acontecimento e performance, ou o que pode ser a memória como experiência da dobra do tempo, essa memória que interrompe e desenha curvas e torna presente o que também já estava aí. Estava? Revisitando a cidade e a ideia do corpo como um lugar ocupado, nos espaços de poder e aparência procuraremos a singularidade revelada na experiência da pluralidade. Ser diferente não equivale a ser outro. É preciso transformar tudo?

Próximos anos, Novas edições RED 15’16’17

O movimento nunca para… pode poisar, descansar para retomar o fôlego mas volta sempre a emergir. Depois de uma pausa sustentada no tempo, cá regressamos… As RED vão voltar com força total!!!

O nosso último encontro foi em Janeiro de 2014, onde estivemos no c.e.m com a Mariana Lemos e a Shahd Wadi com o trabalho que nos rendeu muito crescimento colectivo, chamou-se “DES(OCUPADA)”.

Estamos neste momento a preparar a VII edição’2016 que vai acontecer em Janeiro, mais uma vez integrada na FIA – formação intensiva acompanhada do c.e.m – centro em movimento. Nesta edição teremos o prazer de estar com a Sofia Roque e a sua longa e apaixonada pesquisa por dentro do trabalho de Hanna Arendt. Mais informações em breve ou pelo nosso e-mail dancarevolucoes@gmail.com

E é só para aquecer o que aí vem…